Blog

Acompanhe as novidades e ultimas postagens.

O que é o Knowledge Graph do Google? Ele afeta o SEO?

Sumário


O Google Knowledge Graph (Gráfico do Conhecimento) do Google é um enorme banco de dados de informações que permite que o Google forneça respostas imediatas e factuais às suas perguntas. Se você já fez uma consulta no Google e recebeu uma resposta útil sem precisar clicar em outra coisa, foi graças ao Knowledge Graph do Google.

Talvez você nunca tenha considerado como o Google coleta informações precisas ou apenas tenha curiosidade sobre o que isso pode significar para o SEO do seu site.

Aqui, vamos discutir algumas práticas recomendadas do setor e ferramentas que podem ajudar a começar a trabalhar com o Knowledge Graph do Google.

  • O que é o Knowledge Graph do Google?
  • Quais são os benefícios do Knowledge Graph do Google?
  • Como o Knowledge Graph funciona?
  • Como ele influencia o SEO e por que é importante?
  • Como aparecer no Knowledge Graph do Google
  • Ferramentas úteis da Semrush
  • Observações importantes sobre o Knowledge Graph do Google

O que é o Knowledge Graph do Google?

Simplificando: o Knowledge Graph do Google tem bilhões de fatos sobre várias pessoas, lugares e coisas. Tais fatos (muitas vezes categorizados como “entidades”) abrangem de tudo, de tópicos de nicho a tópicos de interesse público, como medicina e ciência. No geral, há mais de 5 bilhões de entidades e mais de 500 bilhões de fatos.

Imaginar o Knowledge Graph do Google como um mapa mental pode ajudar. Ele não só entende o que cada entidade é, como também pode monitorar como diferentes entidades se conectam umas às outras.

Por esse motivo, o termo “base de conhecimento” talvez realmente seja mais preciso do que “banco de dados”, pois indica o poder de processamento que o Graph dá ao mecanismo de pesquisa do Google.

Com base na sua consulta de pesquisa e nas informações armazenadas no Knowledge Graph do Google, o Google pode combinar as duas coisas e reunir os fatos relevantes para facilitar sua vida.

Por exemplo, se você quiser saber algo sobre nós, poderia perguntar ao Google: “Quando a Semrush foi fundada?” O Google não só responde à pergunta que você fez, mas também oferece informações sobre quem são nossos fundadores, onde fica nossa sede e onde você nos encontra nas redes sociais.

O Google apresenta essas informações na forma de Painéis de Conhecimento ou Cartões de Conhecimento, que são caixas de informações que aparecem assim:

knowledge graph Semrush

Quais são os benefícios do Knowledge Graph do Google?

O Knowledge Graph trabalha para dar aos usuários respostas rápidas e claras às suas perguntas, além de responder a outras perguntas sem precisar de mais cliques.

Tomando Tom Cruise como exemplo, o Google diz que, com apenas uma consulta do usuário, seu knowledge graph permite que o mecanismo de pesquisa responda a “37% das consultas que as pessoas fizerem sobre ele” por meio dos painéis de conhecimento.

Isso significa não precisar mais clicar nas páginas do site cheias de texto para encontrar uma resposta direta ou digitar infinitamente na barra de pesquisa do Google. O Google faz tudo por você.

À primeira vista, o Knowledge Graph do Google parece uma espécie de fonte mágica de conhecimento, em vez de um feito da engenharia moderna da internet. Mas, claro, é preciso um pouco de trabalho para manter algo como o Knowledge Graph.

Como o Knowledge Graph funciona?

Talvez você esteja se perguntando de onde o Google consegue todas essas informações. O Google alimenta seu Gráfico do Conhecimento por meio da busca e licenciamento de dados.

Esses dados são coletados de uma variedade de fontes diferentes: tanto aquelas que são acessíveis ao público quanto as que são licenciadas de forma privada. No entanto, o Knowledge Graph do Google já foi criticado por responder a consultas sem citar fontes.

Ou seja, as pessoas podem assumir que estão recebendo as informações mais atualizadas, mas, na verdade, estão apenas recebendo as informações mais disponíveis no Graph.

Então, como evitar isso? Como o Google mantém o knowledge graph atualizado? E como você pode ajudar a melhorar o esse modelo de serp feature? Bem, qualquer pessoa pode dar feedback sobre os Painéis de Conhecimento e sugerir mudanças.

As informações mostradas nos painéis de conhecimento são geradas automaticamente e se baseiam principalmente em pesquisas anteriores, mas também podem ser atualizadas manualmente — desde que estejam de acordo com os critérios rigorosos do Google.

Se você aparece no painel de conhecimento ou é o representante oficial do assunto que é exibido e notou que há informações incorretas em um dos painéis de conhecimento do Google, pode reivindicar o painel ou sugerir alterações.

Para voltar ao nosso exemplo de consulta da Semrush, se quiséssemos contestar nossa data de fundação, clicaríamos no botão Feedback:

knowledge graph

Escolha sobre o que gostaríamos de dar feedback:

knowledge graph

E preencha este formulário simples:

knowledge graph

Portanto, o Google mantém o painel de conhecimento atualizado e preciso de muitas maneiras, incluindo informações oferecidas gratuitamente por você.

Como ele influencia o SEO e por que é importante?

Claro, se você tem um site, já deve ter pensado que há um problema fundamental com o Knowledge Graph do Google.

Como o Google oferece respostas aos usuários diretamente na página de resultados, os usuários geralmente não precisam clicar em nenhum link para encontrar informações, o que significa que os acessos ao seu site devido à pesquisa com a marca diminuirão, assim como as taxas de cliques.

O gráfico abaixo mostra como as taxas de cliques diminuíram entre 2014 (dois anos após a introdução do Knowledge Graph do Google em 2012) e 2016. Tanto na UE/Reino Unido quanto nos EUA, o número de pesquisas que não resultaram em um clique aumentou em cerca de 2% à medida que as pessoas se ajustaram aos benefícios do gráfico. A taxa de cliques orgânicos continuou a diminuir ao longo do tempo.

Tráfego com Knowledge Graph

Obviamente, essa não é uma boa notícia para quem precisa de cliques para conseguir vendas. Afinal, se não há necessidade de visitar um site para descobrir quando uma empresa foi fundada, o usuário não precisa clicar em nenhum link da página inicial do site daquela empresa e, portanto, não há nenhum resultado de vendas diretas.

Outro impacto que o Knowledge Graph do Google pode ter no SEO envolve responder a uma consulta. O Google sempre analisará o conhecimento que já existe no seu gráfco

antes de verificar toda a internet, o que reduz as oportunidades orgânicas tradicionais. O impacto fica claro no gráfico acima, onde a taxa de cliques orgânicos diminuiu em mais de 3% tanto na UE/no Reino Unido quanto nos EUA.

No entanto, não há motivo para entrar em pânico. Se você conseguir fazer parte do diagrama, não tem por que se preocupar.

Como aparecer no Knowledge Graph do Google

Uma maneira de combater essas dores de cabeça com SEO é colocar você mesmo no Knowledge Graph e aparecer nos Painéis de Conhecimento.

Depois que o Google tiver acesso direto às suas informações, saber que você é confiável e conseguir confirmar que oferece aos usuários do mecanismo de pesquisa o que eles querem, aumenta a probabilidade de você chegar ao topo das páginas dos resultados do mecanismo de pesquisa e apresentar suas informações aos usuários na forma de Painéis de Conhecimento e rich snippets. Como discutimos em um seminário online anterior, essa é uma ótima maneira de aumentar seu tráfego na web.

Claro, falar é fácil. Confira quatro passos fáceis para conseguir fazer isso:

1. Conecte-se com o Google e a Wikipédia

Ficar conectado é essencial. A maioria das informações no Knowledge Graph do Google vem da Wikipedia e do próprio Google, então dar o primeiro passo com esses grandes participantes realmente traz vantagens com o knowledge graph.

As etapas simples que você pode tomar para fazer isso incluem:

  • registrar-se no Google Search Console (que ajuda você a medir o tráfego e o desempenho de pesquisa do seu site);
  • se você é proprietário de uma empresa, cadastre-se no Google Meu Negócio. Assim, sua visibilidade e autoridade no Google aumentam, além de você fornecer um recurso no Google Maps.

Já quanto à Wikipédia, você definitivamente precisa ter uma entrada. Falamos sobre como criar uma página do Wikidata e por que ela é importante para o SEO em uma postagem anterior do blog, mas o essencial é que isso é importante porque o Wikidata armazena todos os dados estruturados da Wikipédia, que são usados na maioria dos artigos da Wikipédia.

Falando de artigos da Wikipédia, é quase certo que você consegue benefícios se tiver um desses também.

Conseguir um artigo da Wikipédia pode soar estranho, mas os links de seus artigos levam para as fontes que eles usam e facilitam o acesso ao seu site. Assim, ter um artigo nessa página de renome pode trazer mais cliques a longo prazo.

2. Use a marcação Schema

A marcação Schema pode parecer confusa no início, mas não é tão complicada assim. Ela é uma maneira de marcar seu conteúdo para que o Google consiga entendê-lo.

Se o Google entender, por exemplo, que você está falando sobre a fundação de um site em vez da fundação de um edifício, pode sinalizar seu conteúdo para as pessoas certas que estão pesquisando com a intenção correspondente.

Outro benefício da marcação Schema é que ela deixa você no caminho certo para:

  • conseguir rich snippets,
  • conseguir um painel de conhecimento,
  • aparecer em algumas consultas sem marca.

Os rich snippets são resultados de pesquisa especiais que incluem informações não armazenadas na descrição meta.

knowledge graph

Seja ativo e consistente

Uma ótima maneira de mostrar ao Google que você tem boa reputação é garantir que sua página, conteúdo e informações estejam atualizados.

É possível fazer isso mantendo seus perfis sociais ativos, organizando seu conteúdo para plataformas como Twitter, Facebook e LinkedIn e acompanhando seus concorrentes. O LinkedIn, em específico, é outra fonte importante de código aberto para o Knowledge Graph do Google.

Poste o mais regularmente possível e desenvolva sua estratégia de RP. Uma boa reputação entre seus colegas e seguidores fiéis ajuda muito o Google a entender você como uma figura online confiável.

Crie um ótimo conteúdo

Esse passo final pode parecer óbvio, mas só porque é essencial. A principal prioridade do Google é a experiência do usuário; ela se concentra em dar às pessoas o que elas querem de forma eficiente e eficaz. O Knowledge Graph do Google é prova disso.

Portanto, o conteúdo que prioriza a experiência do usuário utilizando palavras-chave, meta titles e outras técnicas clássicas de SEO se destacará, terá um posicionamento mais alto e provavelmente levará você ao Knowledge Graph do Google.

Na próxima seção, vamos falar sobre algumas maneiras com as quais você pode acompanhar tudo isso e como podemos ajudar você.

Ferramentas úteis da Semrush

Se tudo isso parecer intimidante, não se preocupe: temos uma série de ferramentas que podem ajudar a dominar o Knowledge Graph do Google, incluindo:

Ferramenta Monitoramento de posição

A ferramenta Monitoramento de posição acompanha seus esforços de SEO com facilidade, informa sobre mudanças nos posicionamentos do Google e permite que você crie relatórios de progresso.

Enquanto trabalha para melhorar sua presença no Knowledge Graph, você pode ficar de olho nos posicionamentos de qualquer domínio, subdomínio, subpasta ou URL das palavras-chave que monitora para garantir que está fornecendo o melhor conteúdo online possível.

https://www.semrush.com/position-tracking/

Com ele, você pode até monitorar a concorrência com a guia Descoberta de concorrentes para saber quem também está competindo pelo primeiro lugar.

Como você pode ver abaixo, a ferramenta permite filtrar pelo número de resultados e palavra-chave escolhida, assim como por domínio e tags.

knowledge graph

2. Ferramenta Pesquisa orgânica

A ferramenta Pesquisa orgânica é ótima para descobrir as palavras-chave que já funcionam para seus concorrentes, quanto tráfego cada termo individual gera organicamente e quais novas palavras-chave ajudaram a concorrência a entrar no top 20 do Google.

Você pode inserir a URL de qualquer concorrente para conferir as palavras-chave com as quais eles se posicionam e como essas palavras-chave se posicionam com o tempo:

knowledge graph

A ferramenta Pesquisa orgânica pode ajudar a entender o que você já faz certo para melhorar seu posicionamento, assim como quais são suas principais páginas, concorrentes e palavras-chave.

3. Ferramenta Visão geral de palavras-chave

Outra ferramenta disponível que pode ajudar a dominar o Knowledge Graph do Google é a ferramenta Visão geral de palavras-chave.

Esta ferramenta faz uma análise completa da palavra-chave que você quiser e pode ajudar a decidir se vale a pena tentar se posicionar com ela. Nosso banco de dados de palavras-chave possui mais de 20 bilhões de palavras-chave e 14 milhões de sugestões por palavra em 120 bancos de dados de países.

A ferramenta fornece informações sobre o volume de pesquisa da palavra-chave, dificuldade, insights da SERP e dados de pesquisa paga, além de possibilitar que você monitore a posição da sua palavra-chave no Monitoramento de posição. Tudo isso ajuda você a melhorar a qualidade do seu conteúdo para torná-lo mais compatível e atraente para o Google.

JU9TG2Oo9WCTKkVLVbXbu5UJ38Lenjw7lX_Pv_YbpHuJxMWBWvEcdVm4xIyNwOnTr28Ji_zlUmfMnGsfVHLpaTPt2zOnvooAl1g8TMuEyO8IEGx2oX7YBfKkhNBwwAosL763ls8

Observações importantes sobre o Knowledge Graph do Google

Alimentado por bilhões de entidades e fatos, o Knowledge Graph do Google ajuda os usuários a navegar no mecanismo de pesquisa do Google todos os dias e encontrar respostas rápidas para suas perguntas e consultas.

O Knowledge Graph do Google é um banco de dados como qualquer outro e, embora, possa representar alguns problemas para o SEO, há dicas e ferramentas para ajudar você a entender todos esses aspectos.

Se quiser informações sobre recursos da SERP com a ferramenta Visão geral de palavras-chave ou monitorar suas palavras-chave através da ferramenta Monitoramento de posição, nosso kit de ferramentas de SEO pode simplificar sua experiência como proprietário de site no Google.

Confira nossos planos de hospedagem de Sites, planos de hospedagem para WordPress, planos Econômicos. Planos de Email Profissional e Servidores VPS. Tenha um atendimento personalizado entrando em Contato pelo Site ou pelo WhatsApp. Se você é um revendedor, confira nossos planos de revenda.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

APROVEITE

DESCONTO DE 50% VITALÍCIO

para os planos PLUS, MEGA E TURBO!

PROMOCODE: MHVITA50

Oferta Termina em:

Dias
Horas
Min
Seg