Como ranquear nas melhores posições do Google

Não encontrou o que procurava? Faça uma pesquisa

Search

Neste post, vamos ver como você pode obter classificações mais altas para o seu site no Google.

Vamos repassar os seguintes passos e estratégias:

1. Otimize o SEO On-page
2. Monitore o SEO técnico
3. Alinhe seu conteúdo com a intenção de busca do usuário
4. Reduza a taxa de rejeição
5. Encontre mais palavras-chave para segmentar
6. Publique conteúdo de alta qualidade
7. Obtenha backlinks para seu site
8. Acompanhe e monitore seus resultados
Bônus 1: Aumente a taxa de cliques (CTR)
Bônus 2: Use links internos

1. Otimize o SEO On-page

O SEO On-Page é uma das maneiras mais rápidas de melhorar suas classificações no Google.

A questão é: como você otimiza seu site para suas palavras-chave alvo?

Existem algumas táticas que você pode seguir:

Primeiro, certifique-se de que sua palavra-chave esteja no início da sua title tag:

como ranquear no google - exemplo de palavra-chave na title tag

Essa tática se chama “front-loading”. Ela é muito importante, pois o Google coloca um pouco mais de ênfase nos termos que aparecem no início da sua title tag.

como ranquear no google - ênfase nas palavras-chave que vêm primeiro

No exemplo acima, podemos ver a palavra-chave logo no inícnio do meta-título exibido na SERP:

como ranquear no google - exemplo meta-título na serp

Em segundo lugar, produza conteúdos que tenham pelo menos 1800 palavras.

Um estudo da Backlinko sobre os principais fatores de classificação do Google descobriu que os resultados na primeira página do Google têm, em média, 1447 palavras.

Average content word count of the top 10 results is evenly distributed

Obviamente, há situações em que um conteúdo longo não faz sentido, como as páginas de um e-commerce. Mas sempre que você puder publicar conteúdo longo, não hesite.

Por fim, adicione sua palavra-chave pelo menos duas ou três vezes na página.

E não se trata de cometer um erro muito comum: o excesso de palavras-chave. Pelo contrário: ao adicionar termos relevantes à sua página, você informa ao Google sobre qual assunto o conteúdo trata e para qual pesquisa ele deve ser mostrado. 

2. Monitore o SEO técnico

Mesmo que sejam raros, problemas de SEO técnico podem prejudicar (e muito!) o SEO do seu site. Por isso, eles merecem atenção.

A primeira coisa a se atentar é verificar se seu site está 100% otimizado para dispositivos móveis.

Tudo o que você precisa fazer é digitar uma URL do seu site na ferramenta Teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google.

como ranquear no google - teste de compatibilidade com dispositivos móveis do google

Se a ferramenta indicar algum problema, é fundamental corrigi-los o mais rápido possível.

como ranquear no google - resultados doteste de compatibilidade com dispositivos móveis do google

Também é recomendado verificar a velocidade de carregamento do seu site; esse é um fator de classificação do Google.

Para isso, você pode utilizar ferramentas como o PageSpeed Insights do Google.

como ranquear no google - pagespeed insights do google

Em seguida, acesse para o Google Search Console.

Clique em “Index” → “Coverage” na barra lateral.

como ranquear no google - painel do google search console

Se o Google encontrar problemas para indexar seu site, serão mostrados alertas.

como ranquear no google - exemplo de erro no google search console

E atenção: se você vir muitos “Erros”, é importante nvestigar esses problemas imediatamente.

como ranquear no google - erros no google search console

Por fim, se o seu site for executado no WordPress, recomendo usar o plugin Yoast SEO. Ele é muito útil para garantir que seu site seja mais “SEO friendly”.

como ranquear no google - plugin yoast seo

A intenção de busca é uma forte tendência no meio do SEO. E por um bom motivo.

Graças em grande parte ao algoritmo RankBrain, o Google consegue determinar se o seu site é adequado para uma palavra-chave específica. Em outras palavras, o buscador presta atenção em como as pessoas interagem com seu site após fazer uma busca.

Se os usuários obtêm o que estão procurando na sua página, é esperado que seu site ranqueie melhor.

Rankings that are improving

Se isso não acontecer, você pode perder posições na SERP.

Rankings that are dropping

A chave nesta etapa é garantir que sua página forneça exatamente o que o usuário está procurando.

Types of user intent

Se você deseja melhorar sua classificação no Google, sua página precisa ser trazer um conteúdo de alta qualidade, que entregue valor para que as pessoas que pesquisaram aquela palavra-chave específica.

E dar ao Google exatamente o que ele quer é a base de qualquer boa estratégia de SEO.

4. Reduza a taxa de rejeição

Outro fator importantíssimo para ranquear no Google é a taxa de rejeição do seu site.

O mecanismos de pesquisa entende como um sinal negativo o fato de as pessoas entrarem em um site e voltarem rapidamente para os resultados da pesquisa.

Pogosticking

Este é um indicativo de que elas não ficaram satisfeitas com o conteúdo que encontraram. E se os usuários não encontrarem o que procuram no seu site, você pode perder posições na SERP.

Lots of pogosticking indicates poor content and drop in ranking

Alinhar seu conteúdo com a intenção de busca é uma ótima maneira de reduzir sua taxa de rejeição. Afinal, você está entrega ao usuário o que ele está procurando, não há motivos para ele deixar seu site.

Além disso, há algumas medidas simples que você pode tomar para evitar que as pessoas abandonem seus conteúdos.

Uma delas é verificar o que elas “Acima da dobra” de cada página, ou seja, o que aparece logo que um usuário chega ao seu site, sem rolar a tela para baixo.

Above the fold

Essa é a primeira coisa que as pessoas veem e e, na maioria dos casos, o que as leva a decidir se abandonam ou não o seu site.

Para a melhorar a área acima da dobra, é interessante informar ao visitante o que ele vai encontrar naquele conteúdo. Dessa forma, os usuários do Google podem verificar se, de fato, vão encontrar o que estão procurando.

Veja um exemplo do blog da Semrush:

como ranquear no google - exemplo conteúdo acima da dobra

Nesse mesmo sentido, é importante estruturar cada página para que fique mis fácil para as pessoas encontrarem o que estão procurando.

Novamente, um índice no começo do conteúdo é uma boa opção, especialmente se tive links em que a pessoa pode clicar para ir direto ao tópico que deseja ler.

Por fim, adicione elementos visuais (vídeos, gráficos, capturas de tela, fotos etc.) à sua página. Isso torna seu conteúdo mais atraente e fácil de entender, e pode reduzir sua taxa de rejeição.

5. Encontre mais palavras-chave para segmentar

Com as dicas que vimos até agora, é possível que seu site consiga classificações melhores no Google.

O passo seguinte é atrair mais tráfego para os seus conteúdos.

Existem algumas formas para fazer isso, mas a principal medida é otimizar suas páginas para diferentes palavras-chave.

O processo é simples:

Primeiro, acesse o relatório “Perfomance on Search results” do Google Search Console.

como ranquear no google - tela do search console

Em seguida, verifique as pesquisas para as quais você já classifica.

como ranquear no google - palavras-chave que ranqueiam

Você reconhecerá a maioria delas, uma vez que já otimizou suas páginas para essas palavras-chave exatas.

Mas de vez em quando você encontrará um termo para o qual você ainda não otimizou seus conteúdos.

Se você estiver classificando para esse termo por acidente, então não será difícil conquistar uma posição melhor com algumas otimizações.

Você pode tanto otimizar conteúdos existentes com esses termos quanto criar páginas novas em torno dessa palavra-chave.

6. Publique conteúdo de alta qualidade

É preciso publicar conteúdos que entreguem valor e gerem engajamento dos usuários, como compartilhamento nas redes sociais e links em outros sites.

Isso porque o algoritmo do Google é amplamente baseado em backlinks. Quanto mais backlinks seu site tiver, melhor será sua classificação.

Top ranking pages have more backlinks than lower ranking page

E qual seria melhor maneira de conseguir backlinks para seu site?

Publicando conteúdo que outras pessoas enxerguem valor o suficiente para coloca um link apontando para o seu site. Esse tipo de conteúdo também é conhecido como link baits (ou “iscas” para links).

Existem algumas maneiras de aumentar as chances de as pessoas criarem links para o seu conteúdo. São elas:

Torne-se uma fonte de informações

Publique conteúdos que outras pessoas possam citar no conteúdo do seu blog.

Por exemplo: em 2022 lançamos mais um relatório The State of Content Marketing, com as conclusões que tiramos após a análise de mais de 200 mil tweets, 500 mil blog posts e mais de 1500 profissionais entrevistados.

como ranquar no google - exemplo conteúdo fonte de informação

Criamos posts explorando esses dados, estatísticas e números. E esse é o tipo de coisa que blogueiros, jornalistas e influenciadores adoram citar.

Foque na produção conteúdos longos

Falamos um pouco sobre isso no primeiro tópico. Conteúdos mais longos também são ótimas de obter links de outros sites.

Long-form content generates more backlinks than short blog posts

Embora não haja uma quantidade de palavras “perfeita” para posts de blog, conteúdos com mais de 3 mil palavras tendem a se sair melhor quando se trata de link building.

Publicar conteúdo visual

Quando falamos de conteúdos visuais, estamos nos referindo a elementos como:

  • Infográficos;
  • Mapas;
  • Gráficos;
  • Fluxogramas;
  • Vídeos.

O conteúdo visual é ótimo para obter links. Esses elementos são extremamente compartilháveis. Então, quando os colocamos no conteúdo, isso aumenta as chances de as pessoas os incorporarem nos seus próprios conteúdos.

Publicar conteúdo de alta qualidade é fundamental, mas para que ele consiga links de outros, as pessoas precisam se interessar por ele.

Em outras palavras, você não pode simplesmente publicar e esperar que as pessoas façam links para o seu site.

É preciso ter em mente que seu conteúdo é uma gota em um oceano. Para se ter uma ideia, o WordPress afirma que 70 milhões de posts são publicados todos os meses. Além disso, há milhões de vídeos, stories e publicações nas redes sociais que são feitas todos os dias.

Se você deseja que as pessoas criem links para seu site, você precisa promover ativamente seu conteúdo.

Existem diversas estratégias de link building, mas vamos focar em três elas:

Para fazer link building a partir de links quebrados, você pode usar algumas ferramentas. Um delas é a extensão Check My Links para o Chrome.

como ranquear no google - extensão check my links

Uma vez instalada, utilize-a para encontrar para um link morto em uma determinada página.

como ranquear no google - resultado check my links

Quando encontrar um llink quebrado, envie um e-mail para o administrador desse site (geralmente o autor do conteúdo). Você pode seguir este script:

Olá [Nome],

Encontrei um link quebrado na sua página: Como ranquear nas melhores posições do Google.

É o link para [site]. Está aparecendo um erro 404.

Publiquei recentemente um post sobre [tópico]. Pode ser uma boa alternativa para substituir esse link quebrado.

Espero que ajude!

Guest Post

Os guest posts são um assunto muito controverso no mundo do SEO.

E há uma razão para isso.

Os guest posts podem ser vistos como spam. Na verdade, o Google afirma que “fazer o marketing de artigos em grande escala ou de campanhas de postagem de convidados com links de texto âncora contendo muitas palavras-chave” são exemplos do que eles chamam de “esquemas de links”, que influenciam negativamente a classificação de um site nas SERPs.

Então, não faça do guest post sua principal estratégia de link building e sempre use um texto âncora com as palavras-chave do conteúdo para o qual você está criando um link.

Páginas de recursos

As páginas de recursos são excelentes para fazer link building.

Essas são páginas que foram criadas para reunir links sobre um determinado assunto, como listas de dicas, sugestões, materiais etc.

8. Acompanhe e monitore seus resultados

A essa altura, seu site já pode apresentar alguns ganhos em relação à classificação no Google.

Mas como saber se essa melhoria está trazendo algum resultado? Como você acompanha seus resultados de SEO sem verificar suas classificações, uma a uma, a todo instante?

Nesta etapa, vamos ver como acompanhar seus resultados como um profissional.

Tráfego orgânico

Quando se trata de medir os resultados dos seus esforços de SEO, o elemento mais importante é o tráfego orgânico. Esse é o tráfego que vem diretamente dos mecanismos de pesquisa.

Esse indicador é importante, porque suas classificações podem ser um pouco enganosas. Alguns estudos mostram o primeiro resultado na SERP nem sempre é aquele que recebe mais tráfego.

Mas como isso é possível?

Primeiro, temos o chamado CTR orgânico.

Veremos mais sobre isso mais adiante, mas, basicamente, o resultado nº 2 no Google às vezes recebe mais cliques do que o resultado nº 1.

Increase in click through rate = More traffic

Em segundo lugar, uma única página pode classificar para milhares de palavras-chave diferentes.

Digamos que seu site ranqueie em primeiro lugar para a palavra-chave A e que seu concorrente está em segundo lugar para esse mesmo termo.

Keyword A

No entanto, seu concorrente ocupa o primeiro lugar para as palavras-chave B, C e D.

Keyword B, Keyword C and Keyword D

Como eles classificam para mais palavras-chave, eles provavelmente recebem mais tráfego do Google do seu site, que aparece em primeiro para apenas uma.

Resumindo: monitorar suas classificações no Google é importante, mas acompanhar o tráfego orgânico do eu site é o que mais importa para medir seus resultados de SEO.

Impressões e cliques

Essas métricas indicam, basicamente, quantas pessoas viram o seu site e quantas efetivamente clicaram para acessá-lo.

como ranquear no google - cliques e impressões no google search console

Como é de se esperar, quanto mais pessoas virem e clicarem no seu site, melhor.

Leads e vendas

O tráfego que seu site atrai está trazendo resultados melhores?

Esta é uma questão que muitos profissionais ignoram. No entanto, se você deseja obter um ROI de SEO positivo, é preciso medir quantos desses novos visitantes estão sendo convertidos em clientes.

Há diversas maneiras de acompanhar isso; uma delas é o recurso “Goals” do Google Analytics.

como ranquear no google - resultado metas no google analytics

Bônus 1: Aumente a taxa de cliques (CTR)

Não é nenhum segredo que o algoritmo do Google usa a taxa de cliques como um dos fatores de classificação.

De fato, vários estudos encontraram uma correlação entre o “CTR esperado” e as posições de um site na SERP do Google.

CTR .vs. Organic search position

De mais simples: quanto maior o seu CTR orgânico, melhor será a classificação.

Isso ocorre porque um CTR alto envia um sinal ao Google que seu conteúdo é exatamente o que os usuários estavam procurando.

Assim, o algoritmo fará com que seu site ranqueie mais alto justamente para que as pessoas encontrem seu conteúdo mais facilmente.

Rankings that are improving

Algumas maneiras de obter mais cliques:

  • Crie title tags chamativas e que se destaquem: 
como ranquear no oogle - exemplo title tag chamativa
  • Use URLs curtas e descritivas; isso é fundamental para o seu SEO. URLs curtas também ajudam o Google e os usuários entenderem o conteúdo da sua página.
como ranquear no oogle - exemplo url curta
  • Rich Snippets ajudam seu site a se destacar nas SERPs. Um exemplo desse tipo de recurso são as estrelas de avaliação dos usuários.
como ranquear no google - exemplo rich snippet
  • Faça metadescrições atraentes. Elas devem “vender” seu conteúdo, informando ao usuário o que ele vai encontrar na página.
como ranquear no google - exemplo de metadescrição

Criar links internos é outra boa fora de fazer seu site ranquear melhor no Google.

É simples: basta colocar um links de uma página do seu site a outra, como entre dois posts no blog cujos temas estejam relacionados.

Link to important pages

E, ao contrário dos backlinks, você pode usar um texto âncora que tenha correspondência exata com os links internos.

Para ranquear no Google não é preciso muita coisa. Como vimos, com pequenos ajustes e monitoramento constante você pode conseguir resultados incríveis.

Claro, não há fórmula mágica. Devemos sempre levar em consideração a alta concorrência pelas primeiras posições na SERP e a dificuldade para classificar para determinadas palavras-chave – e tudo isso pode variar também de setor para setor.

Você utiliza alguma estratégia que deixamos de fora? Conte nos comentários!

Este artigo foi publicado originalmente no blog da Backlinko.

Fonte

Compartilhar:

Deixe um comentário