o que é e como este algoritmo funciona

Acompanhe as novidades e ultimas postagens.

O Google BERT é um modelo de processamento de linguagem natural que revolucionou a forma como as pesquisas são feitas na internet. Neste artigo, exploramos como o BERT funciona, suas vantagens e como ele está impactando a experiência de busca do usuário 

Os mecanismos de inteligência artificial ganharam o palco em 2023. Com o enfoque crescente nas ferramentas, é hora de profissionais de SEO e marketing voltarem os olhos a outro grande salto na história da pesquisa: o BERT.

A atualiza√ß√£o ‚ÄĒ que foi a maior mudan√ßa do Google desde o RankBrain, de 2015 ‚ÄĒ merece destaque pela complexidade que trouxe √† compreens√£o de uma busca.¬†

Como? Entenda o funcionamento assistindo ao v√≠deo ou continuando por esse conte√ļdo.

Youtube video thumbnail

O que é o Google Bert?

BERT √© a sigla em ingl√™s para Bidirectional Encoder Representations for Transformers. Em portugu√™s, ela foi traduzida para Representa√ß√Ķes Codificadoras Bidirecionais de Transformadores.

√Č uma tecnologia de rede neural que basicamente √© uma intelig√™ncia artificial. Ela tem como principal objetivo fazer o processamento da linguagem natural. Em outras palavras, o Google quer que a m√°quina entenda exatamente o que os humanos est√£o falando.¬†

Isso porque a comunica√ß√£o humana tem v√°rias nuances, pequenas palavras de liga√ß√£o ‚ÄĒ como preposi√ß√Ķes e outros tipos de palavras ‚ÄĒ que acabam mudando por completo o significado, ou at√© a inten√ß√£o de uma busca.

O que é uma rede neural?

Explicando de forma simples, redes neurais s√£o sistemas de computa√ß√£o que tentam simular um pouco o funcionamento, o jeito que os neur√īnios trabalham, para oferecer resultados eficientes.¬†

O processamento tem muito foco em padr√Ķes escondidos ou em dados muito brutos.

Tal tecnologia √© super importante, porque o Google come√ßa a entender de maneira bem simples termos como ‚Äúaquele, de, para, aonde, da onde‚ÄĚ. Ele come√ßa a fazer uma an√°lise massiva e entender o impacto dessas pequenas nuances em uma busca.

O que é processamento de linguagem natural?

Natural Language Processing (NLP), ou processamento de linguagem natural (PLN), n√£o √© um conceito novo, mas tem evolu√≠do muito nos √ļltimos tempos.¬†

O próprio Google define NLP como:

‚ÄúComo um branch de intelig√™ncia artificial, o processamento de linguagem natural (PLN) usa machine learning para processar e interpretar texto e dados. O reconhecimento de linguagem natural e a gera√ß√£o de linguagem natural s√£o tipos de PLN.‚ÄĚ

Aplicativos de PLN conseguem extrair dados que permitem compreender e processar a linguagem natural. √Č poss√≠vel a an√°lise do sentimento de um termo em um contexto frasal, de documentos, identifica√ß√£o de entidades, classifica√ß√£o de documentos e conte√ļdos e mais.

A grande sacada do BERT √© no fator bidirecional. Todas as tecnologias que a gente tinha at√© ent√£o analisavam as palavras-chave ou o contexto em uma √ļnica ordem. J√° o BERT analisa todo o contexto nas duas ordens.

Ele consegue ter uma precis√£o e nuance muito melhor em rela√ß√£o a termos de liga√ß√£o em uma frase. Com isso, entende melhor o contexto do conte√ļdo e efetivamente da pesquisa.¬†

Como o Google BERT funciona?

O BERT consegue entender melhor o relacionamento das palavras. Quando você faz uma pesquisa, o algoritmo ajuda o Google a entender melhor não só as palavras-chaves principais, mas o relacionamento entre os termos em uma frase.

Compreender as nuances e o contexto de uma busca permite que os resultados sejam melhor direcionados. Em outras palavras, ele é super importante porque: 

  • Ter√° um entendimento muito melhor do conte√ļdo;
  • Entender√° melhor o jeito que os usu√°rios pesquisam;
  • Conseguir√° sincronizar os dois para oferecer resultados mais eficientes para o usu√°rio.

Em teoria, o Google BERT n√£o estar√° ativo para todas as pesquisas. Fazemos muitas buscas de maneira mais simples e direta. Pesquisas por ‚ÄúGoogle BERT‚ÄĚ, por exemplo, s√£o mais objetivas.¬†

exemplo de serp do google

Mas as buscas mais conversacionais, mais cauda longa, que têm mais palavras, provavelmente serão mais influenciadas.

E aí, pensando um pouco alto, acho que o BERT vai estar muito mais ativo quando você estiver fazendo uma pesquisa por voz. Seja no celular, seja por um aparelho conectado na sua casa. 

‚ÄĒ John Martin

Ou seja, o Google deixa de interpretar somente os principais termos e come√ßa a entender praticamente todas as palavras para compreender o contexto daquela senten√ßa, daquelas frases e do pr√≥prio conte√ļdo de uma maneira geral.

Qual o impacto da atualização Google BERT?

Muitos profissionais falaram: “Mas eu n√£o senti impacto, como √© que √©”?

Realmente, se trata de uma atualiza√ß√£o diferente das anteriores. Seu objetivo √© entender melhor o conte√ļdo e a pesquisa, e n√£o procurar fazer uma ‚Äúca√ßa √†s bruxas‚ÄĚ aos praticantes de black hat.¬†

Ele não quer procurar efetivamente o que você está fazendo de errado no seu site. Perto de 2020, o Google afirmou que aproximadamente 10% das pesquisas em inglês eram afetadas pelo BERT. O que faz sentido, porque temos muitas buscas long-tail, conversacionais. 

Sem d√ļvidas a tend√™ncia era que o percentual de 10% aumentasse, principalmente com uma utiliza√ß√£o maior de pesquisas por voz, seja pelo celular, seja em outros aparelhos conectados em casa.¬†

Histórico do Google BERT

Em 2018, o Google liberou o BERT aberto na web para que os desenvolvedores pudessem pegar e também acabar criando esse sistema de perguntas e respostas.

Sua aplicação nas pesquisas foi comunicada oficialmente em outubro de 2019.
Inicialmente, a ativação foi para pesquisas feitas em inglês e o Go

ogle acabou explicando que, naturalmente, com o tempo, implementaria a atualização para outros idiomas. 
N√£o houve uma defini√ß√£o de data certa para a chegada em outros locais, mas em 2019 houve um an√ļncio no Twitter sobre a chegada do update para mais de 70 idiomas, incluindo o portugu√™s.

Além disso, o próprio Google admitiu que liberou o BERT para outras línguas, incluindo o português, com o objetivo de definir melhor os featured snippets. 

A demora para expandir a atualização a outros países pode ter uma série de motivos. O primeiro seria uma relação de interesse com o mercado: se o mercado do Google americano for aquele onde ele tem mais receita, ele vai sempre aplicar lá primeiro.

Além disso, há o custo de processamento envolvido em aplicar o update em outros idiomas, bem como a questão do aprendizado da máquina. Muitas línguas são mais complexas do que o inglês, como o português e o alemão. Pode ser necessário mais tempo para implementar um machine learning eficiente.

Qual √© a diferen√ßa entre a atualiza√ß√£o Google BERT e outras atualiza√ß√Ķes do Google?

De forma geral, as anteriores, muitas vezes, tinham uma visão de identificar quem estava manipulando o Google. Elas levavam a uma penalização ou ajuste de algoritmo que era notável nas visitas de um site. 

O diferencial √© que o BERT √© muito mais focado no pr√≥prio entendimento do Google sobre o conte√ļdo, sobre a pesquisa que o usu√°rio est√° fazendo. Enquanto em outras atualiza√ß√Ķes, o buscador tinha um foco grande em evitar manipula√ß√Ķes e acabar ajustando diversos posicionamentos.¬†

√Č interessante analisar que n√£o teve nenhuma queda tr√°gica por causa do BERT. E, embora voc√™ possa considerar que o BERT √© um pouco diferente das outras atualiza√ß√Ķes, o principal ponto √© avaliar que n√£o importa qual seja a atualiza√ß√£o: o importante √© considerar que o Google sempre estar√° em evolu√ß√£o constante.¬†

Ele sempre trabalhar√° em atualiza√ß√Ķes para entender melhor o conte√ļdo, entender melhor a pesquisa, e principalmente oferecer um resultado melhor para o usu√°rio.¬†

Ent√£o, sempre que voc√™ focar em produzir um conte√ļdo muito bom para o usu√°rio, a probabilidade √© que a atualiza√ß√£o que venha a acontecer seja favor√°vel e n√£o desfavor√°vel a voc√™.

Como otimizar o site para o Google BERT?

Muito embora a resposta a tradicional seja que ‚Äúvoc√™ n√£o precisa otimizar para o BERT‚ÄĚ, h√° algumas dicas √†s quais se atentar.

Crie conte√ļdo de qualidade

Se voc√™ n√£o est√° criando conte√ļdo de qualidade, comece. Escreva de uma forma natural, crie o melhor conte√ļdo poss√≠vel para o seu usu√°rio, sem pensar na m√°quina – at√© porque a m√°quina agora vai come√ßar a entender o texto como humano. Sempre crie conte√ļdo pensando no humano.

Priorize uma redação fluida

Se voc√™ escreve de uma forma um pouco mais mec√Ęnica, usando aquele estilo de texto com SEO bem tradicional, mude isso.¬†

Para n√£o sofrer impacto negativo com o BERT, priorize uma reda√ß√£o mais fluida, natural e bem constru√≠da em seus conte√ļdos.¬†

Comece pelo title e metadescription

√Č comum que o SEO title seja usado de forma mais mec√Ęnica. Como voc√™ tem uma limita√ß√£o de caracteres, existe uma tend√™ncia a sempre colocar a palavra-chave no in√≠cio. Assim, acabamos mecanizando um pouco a meta tag, bem como a meta description.¬†

Nesse caso, uma maneira de otimizar para o BERT é começar a enquadrar os seus meta titles e os meta descriptions em uma linguagem mais natural. 

Por exemplo, imagine que voc√™ est√° falando sobre queda de cabelo. Voc√™ coloca: ‚ÄúQueda de cabelo: a melhor maneira para evitar a queda de cabelo‚ÄĚ, for√ßando a palavra-chave no come√ßo.¬†

Depois do BERT, pode ser melhor colocar: ‚Äú10 maneiras diferentes para evitar a queda de cabelo‚ÄĚ.

Trabalhe conte√ļdos educacionais

Uso de FAQ, de tutoriais ou How-To, por exemplo, são indicados porque você coloca uma linguagem mais humana, principalmente com FAQ, com perguntas e respostas.

Valorize o UGC ‚ÄĒ User Generated Content

H√° valor no UGC ‚ÄĒ User Generated Content, ou conte√ļdo gerado pelo usu√°rio.¬†

√Č uma √≥tima ideia abrir espa√ßo para f√≥runs ou mesmo ter perguntas e respostas na p√°gina do produto: voc√™ acaba dando a percep√ß√£o para o Google de que realmente tem uma linguagem natural l√°, e ainda oferece uma boa experi√™ncia para o usu√°rio.¬†

Foque nos tópicos, não nas keywords

Com a evolução do buscador, precisamos escrever focando menos em palavras-chaves, mas mais por tópico.

Por que? 

Porque o Google entende melhor os conte√ļdos e oferece outros relacionados ao t√≥pico para os usu√°rios.¬†

Nesse ponto, o conte√ļdo de v√≠deo √© muito interessante, principalmente se voc√™ estiver colocando no Youtube ou fazendo a transcri√ß√£o.¬†

Como o Google já tem aquele reconhecimento de voz, ele entende o que você está falando no vídeo. 
Ent√£o, enquanto ele come√ßa a entender a pesquisa, na medida que consegue entender melhor esse conte√ļdo, e ainda reconhecer a voz nos v√≠deos, ele provavelmente vai come√ßar a oferecer mais conte√ļdo de v√≠deo para os usu√°rios.¬†

Portanto, se fizer sentido ao seu p√ļblico, pense realmente em ter mais conte√ļdo de v√≠deo. Uma boa pr√°tica tamb√©m √© tentar fazer a transcri√ß√£o.

Muitas vezes as pessoas fazem uma transcrição literal Рo que pode ser feito, mas, se você conseguir ajustar para agregar mais valor naquela transcrição, o resultado pode ser melhor para o usuário.

Quais s√£o os exemplos de como o Google BERT funciona?

As pessoas discutem muito sobre a diferença entre um americano com inglês fluente e um brasileiro fazendo uma pesquisa em inglês. O americano acaba usando mais aquelas palavras de ligação in, to, out etc., que às vezes muda o contexto da frase inteira e, lógico, a intenção de pesquisa.

Quando você tem outra língua nativa que não o inglês, é muito mais fácil pesquisar em inglês de uma maneira simplista, colocando menos palavras e sem definir tão bem as palavras de ligação. 

Um exemplo cl√°ssico est√° na busca da farm√°cia: ‚ÄúPosso retirar um rem√©dio na farm√°cia para um amigo?‚Ä̬†
Antes do BERT, o Google não entendia que era para um amigo, ou seja: a receita está no nome do amigo e você quer saber se você pode retirar o remédio por ele. 

Depois do BERT, o Google entende melhor esse ‚Äúpara um amigo‚ÄĚ, essas palavras que ligam entre si, essas preposi√ß√Ķes, as palavras de liga√ß√£o. Ele tem um entendimento dessa conex√£o entre as palavras, principalmente quando estamos pensando nas pequenas palavras de liga√ß√£o.¬†

Vamos com outro exemplo interessante. Normalmente, quem tem site em WordPress, opta por colocar plugin de cache para facilitar a utilização e ter um pouco mais de performance. 

Nesse contexto, antes do BERT, a pesquisa por ‚Äúmaneiras de otimizar o WordPress sem plugin de cache‚ÄĚ trazia resultados com o plugin de cache. A palavra ‚Äúsem‚ÄĚ n√£o era t√£o compreendida. A ideia do BERT √© exatamente entender essas nuances da linguagem para conseguir oferecer melhores resultados.

Outro exemplo √© o que o pr√≥prio Google deu falando sobre o Brasil.¬†Tem uma pesquisa comum: ‚Äú2019 Brazil traveler to USA need a visa‚ÄĚ, ou seja ‚Äúbrasileiros para o Estados Unidos precisam de um visto em 2019‚ÄĚ, seria uma pergunta.¬†

comparativo antes e depois do google bert

Antes do BERT, o Google exibia o resultado que est√° √† esquerda na imagem, que n√£o tinha sentido. Depois dele, o buscador come√ßou a entender a inten√ß√£o da busca e exibir a p√°gina do Consulado Americano aqui no Brasil. E a√≠, sim, vai ter todas as informa√ß√Ķes pertinentes para essa pesquisa.

Esse √ļltimo exemplo ainda √© uma excelente contextualiza√ß√£o de outro fator importante trazido em updates recentes: o E.A.T. Ap√≥s trabalhar estrat√©gias considerando a intelig√™ncia sem√Ęntica e conversacional trazida pelo BERT, veja como construir mais autoridade, expertise e confiabilidade e entenda como isso afeta o rankeamento.
 

Fonte

Compartilhar:

Deixe um coment√°rio

Categorias
Assinar por e-mail

Digite seu endere√ßo de e-mail para assinar e receber notifica√ß√Ķes de novas publica√ß√Ķes por e-mail.

Estatísticas do blog
  • 53.023 Views

20% DE

 DESCONTO

BLACK

NOVEMBER

Cupom válido até 01/12/2023 ou até durarem os estoques.
V√°lido somente para novos assinantes.

CUPOM:  

BLACK2023

Desconto v√°lido nos planos MENSAIS para Hospedagem Cloud, Revenda Plesk e Email Profissional. Desconto ser√° aplicado durante 12 meses no plano de assinatura mensal.