o que é e como usar para melhores resultados

Acompanhe as novidades e ultimas postagens.

O Google Search Console permite monitorar o desempenho org√Ęnico de suas p√°ginas no sistema de pesquisa do Google. A ferramenta tamb√©m permite visualizar resultados em outras frentes do Google, bem como avaliar a performance t√©cnica e status de indexa√ß√£o das p√°ginas.

Voc√™ monitora o desempenho do seu site? Quem trabalha com marketing digital sabe a import√Ęncia de ficar de olho em m√©tricas e relat√≥rios de performance. E, para quem trabalha com SEO, o Google Search Console √© um dos principais aliados para isso.

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita que o maior buscador do mundo oferece aos administradores de sites. Por meio dela, você pode acompanhar o desempenho das suas páginas no sistema de pesquisa do Google, como o posicionamento nos resultados da busca e problemas de rastreamento pelo Googlebot.

√Č por meio dela tamb√©m que o Google se comunica com voc√™, e voc√™ se comunica com o buscador. Dessa forma, o Google quer ajudar voc√™ a melhorar seu site e, de maneira mais ampla, aprimorar a experi√™ncia de busca dos usu√°rios na web.

Agora, então, vamos falar tudo sobre a ferramenta neste guia completo sobre o Google Search Console. Conheça agora todos os seus recursos e como usá-lo para melhorar o SEO do seu site.

O que é o Google Search Console?

screenshot da p√°gina inicial do Google Search Console

Google Search Console é uma ferramenta gratuita do Google que fornece dados e relatórios sobre o desempenho de um site no buscador. A ferramenta se chamava Google Webmaster Tools até 2015, quando foi renomeada.

Os recursos do Google Search, que detalharemos mais adiante, mostram como o buscador enxerga as páginas do seu site e quais problemas encontra nos processos de rastreamento, indexação e classificação. De olho nesses dados, você pode identificar oportunidades de melhorias e aprimorar a experiência do usuário no site.

O Google Search Console pode ser usado por profissionais de marketing digital, embora alguns recursos sejam melhor explorados por desenvolvedores, que dominam os c√≥digos. De qualquer forma, a ferramenta √© simples de usar e pode oferecer in√ļmeros insights.

Para que serve o Google Search Console?

O Google Search Console serve para melhorar suas estrat√©gias de SEO e marketing digital, a fim de aumentar sua visibilidade e taxa de cliques na SERP e oferecer uma melhor experi√™ncia no seu site. √Č especialmente importante para o SEO t√©cnico, focado na otimiza√ß√£o de fatores como rastreamento, velocidade, seguran√ßa e responsividade.

Com foco na experi√™ncia do usu√°rio, voc√™ pode melhorar a atua√ß√£o dos rob√īs do Google no seu site, de maneira que eles consigam rastrear suas p√°ginas e index√°-las corretamente. Al√©m disso, voc√™ tamb√©m pode aprimorar fatores que afetam a classifica√ß√£o na p√°gina de resultados das buscas. De maneira geral, voc√™ pode:

  • Rastrear dados vitais do site: a ferramenta permite analisar o desempenho do seu site nas pesquisas do Google, como a frequ√™ncia com que as p√°ginas aparecem nas pesquisas e para quais consultas, ajudando a planejar melhor as estrat√©gias de SEO.
  • Otimizar o conte√ļdo: a ferramenta facilita a identifica√ß√£o de problemas de diferentes p√°ginas, que voc√™ pode corrigir ou otimizar e enviar novamente para indexa√ß√£o pelo Google.
  • Reagir a problemas de indexa√ß√£o: voc√™ pode reagir rapidamente a erros de rastreamento, indexa√ß√£o, spam etc., antes que eles comecem a prejudicar seu posicionamento na SERP.
  • Introduzir melhorias no seu site: a plataforma facilita a introdu√ß√£o de novos elementos em seu site, como p√°ginas AMP e dados estruturados, e garante que eles estejam funcionando corretamente.
screenshot das fun√ß√Ķes do GSC

√Č importante ressaltar que voc√™ n√£o precisa se registrar no Google Search Console para aparecer nos resultados da pesquisa. Isso acontece quando voc√™ coloca uma p√°gina no ar e permite que o buscador a rastreie. Mas ter essa ferramenta ajuda voc√™ a monitorar, manter e resolver problemas do seu site em rela√ß√£o ao sistema de Pesquisa do Google.

Quais os principais recursos do Google Search Console?

O Google Search Console oferece in√ļmeros recursos para gerenciar a presen√ßa do seu site no buscador. A seguir, reunimos os principais relat√≥rios e funcionalidades que voc√™ pode aproveitar na ferramenta e como us√°-los nas suas estrat√©gias de SEO. Conhe√ßa:

Relatório de visão geral

A p√°gina de vis√£o geral mostra um resumo das suas informa√ß√Ķes. √Č o primeiro relat√≥rio que voc√™ visualiza quando abre a ferramenta.

overview do Google Search Console

Voc√™ visualizar√° dados sobre a√ß√Ķes manuais aplicadas ao site, problemas de seguran√ßa, n√ļmero de cliques na SERP, p√°ginas indexadas (v√°lidas ou com erros), al√©m de resumos de melhorias aplicadas ao site, como p√°ginas otimizadas para mobile e dados estruturados.

Como usar no SEO?

Você pode usar essa página para monitorar o site periodicamente e verificar problemas mais evidentes. A partir dela, você pode abrir os relatórios para investigar melhor os problemas apontados.

Ferramenta de inspeção de URL

img-semblog

Essa ferramenta permite que voc√™ investigue as informa√ß√Ķes que o Google indexou sobre uma URL espec√≠fica. Essas informa√ß√Ķes incluem os erros de c√≥digo HTML e JavaScript da p√°gina, os erros de usabilidade em dispositivos m√≥veis, as vers√Ķes can√īnicas de uma p√°gina e muitas outras.

Como usar no SEO?

Aproveite essa ferramenta para verificar problemas de rastreamento e indexação em URLs específicas. Corrija as páginas e as reenvie para indexação pelo Google.

Relatórios de desempenho

Os relatórios de desempenho trazem dados sobre a performance do seu site nos resultados da Pesquisa do Google. Estas são as métricas principais:

  • Cliques;
  • Impress√Ķes;
  • CTR (taxa de cliques);
  • Posi√ß√£o m√©dia.
screenshot de performance no GSC

Além dessas métricas, você também pode visualizar as consultas dos usuários, ou seja, quais palavras-chave usaram para chegar até o seu site. Se você tiver tráfego suficiente no Google Discover e no Google Notícias, também pode ver relatórios relacionados a esses serviços.

Como usar no SEO?

√Č interessante monitorar esses relat√≥rios para verificar picos ou quedas nas m√©tricas de desempenho, para agir rapidamente na corre√ß√£o de problemas. Al√©m disso, √© interessante analisar as consultas dos usu√°rios e extrair insights de palavras-chave que voc√™ pode explorar no marketing de conte√ļdo.

Relatório de indexação de páginas

O relatório de indexação de páginas mostra o status de cada página do seu site em relação ao índice do Google: quais estão, quais não estão e quais podem ser indexadas. Vale lembrar que nenhuma página pode ranquear no Google a menos que tenha sido indexada pelo buscador.

relatório de page indexing

Como usar no SEO?

Verifique o relat√≥rio de indexa√ß√£o para identificar quais p√°ginas n√£o est√£o sendo indexadas e investigar os motivos para isso, especialmente se voc√™ costuma adicionar novos conte√ļdos. O monitoramento peri√≥dico ajuda tamb√©m a identificar quedas no n√ļmero de p√°ginas indexadas, que podem revelar problemas de rastreamento no site.

Relatório de Sitemaps

O relatório de sitemaps informa quantos arquivos desse tipo foram enviados, as estatísticas deles e os erros que o Google encontrou ao processá-los.

relatorio de sitemaps GSC

Para quem n√£o sabe, √© poss√≠vel enviar um sitemap do seu site ao Google por meio dessa ferramenta do Google Search Console. Isso serve para facilitar o trabalho dos rob√īs no processo de indexa√ß√£o, com informa√ß√Ķes mais claras sobre suas p√°ginas e a hierarquia entre elas, al√©m de dados complementares.

Como usar no SEO?

Utilize o relatório de sitemaps para enviar esse tipo de arquivo ao Google, além de monitorar se deu tudo certo, o que pode ajudar na indexação das suas páginas. O envio de sitemaps ao Google é ainda mais importante quando:

  • O site √© extenso e tem muitas p√°ginas (o sitemap ajuda a encontrar todas as p√°ginas);
  • O site √© novo e tem poucos links internos (o sitemap ajuda a descobrir novas p√°ginas);
  • O site tem muitas p√°ginas isoladas (o sitemap ajuda a localiz√°-las fora da estrutura do site);
  • O site tem muitos arquivos de m√≠dia ou not√≠cias (o sitemap ajuda a indexar dados sobre esse tipo de conte√ļdo).

Experiência na página

Esse relatório mostra a porcentagem de URLs que o Google considera que oferecem uma boa experiência na página aos usuários. Baseia-se nas métricas de velocidade, compatibilidade com dispositivos móveis e uso de HTTPS, que fazem parte do Page Experience.

screenshot of Page Experience Report

Como usar no SEO?

Monitore o n√≠vel de qualidade da experi√™ncia na p√°gina que voc√™ est√° oferecendo aos usu√°rios. Uma porcentagem alta de p√°ginas com uma boa experi√™ncia indica que o site √© bem-visto pelo Google e merece melhores posi√ß√Ķes na SERP.

Relatórios de Principais métricas da Web

Esse é o relatório de Core Web Vitals, que são as métricas essenciais da web. Para o Google, elas são determinantes para oferecer uma boa experiência aos usuários e, por isso, fazem parte do algoritmo de classificação. O relatório de Principais métricas da Web mostra o desempenho nas seguintes métricas, com dados reais de uso:

  • Carregamento (Largest Contentful Paint ou LCP);
  • Interatividade (First Input Delay ou FID);
  • Estabilidade visual (Cumulative Layout Shift ou CLS).
screenshot p√°gina de core web vital

Como usar no SEO?

Um bom desempenho nas m√©tricas de Core Web Vitals indica que o seu site tem uma boa velocidade de carregamento e de resposta √†s intera√ß√Ķes, al√©m de estabilidade dos elementos √† medida que eles carregam na p√°gina.

Então, ao monitorar esse relatório, você pode identificar problemas em relação a essas métricas e corrigir as falhas. Dessa maneira, você age em fatores que são importantes para o algoritmo de ranqueamento do Google.

Relatório de usabilidade em dispositivos móveis

O Relatório de usabilidade em dispositivos móveis avalia a experiência que as suas páginas indexadas estão oferecendo aos usuários mobile.

Com base em padr√Ķes de usabilidade, o relat√≥rio analisa at√© 1000 URLs do site e avalia se o Google reconhece as p√°ginas como compat√≠veis com dispositivos m√≥veis. Se tiver algum problema nas suas p√°ginas, os erros s√£o sinalizados no relat√≥rio. Ao clicar nos erros, voc√™ pode ver quais p√°ginas espec√≠ficas precisam de sua aten√ß√£o.

Como usar no SEO?

Esse é um dos relatórios mais importantes para SEO. A compatibilidade com dispositivos móveis é um dos principais fatores de ranqueamento do Google, que entende que cada vez mais usuários estão usando o celular para acessar a internet.

Então, monitore a usabilidade das suas páginas em smartphones para corrigir problemas. Ter um site responsivo vai ajudar você a ter o melhor desempenho nesse relatório.

Relatório de AMP

O Relatório de AMP também está relacionado à compatibilidade com dispositivos móveis. Isso porque as páginas AMP, ou Accelerated Mobile Pages, são desenvolvidas pensando no desempenho em smartphones, de maneira que sejam mais rápidas e ofereçam uma melhor experiência.

Embora o Google recomende o design responsivo, criar páginas AMP é também uma alternativa para compatibilizar com dispositivos móveis. Se você optar por essa alternativa, fique de olho no Relatório de AMP para saber se elas estão sendo indexadas e se está tudo ok com elas.

Como usar no SEO?

O Relat√≥rio de AMP s√≥ √© √ļtil para sites com p√°ginas desse tipo. Ent√£o, se voc√™ tiver p√°ginas AMP, utilize esse relat√≥rio para verificar periodicamente se h√° problemas com elas ou se houve um aumento inesperado de erros de rastreamento.

Relat√≥rio de a√ß√Ķes manuais

O Relat√≥rio de a√ß√Ķes manuais do Google Search Console mostra todas as vezes em que o Google identificou alguma atitude suspeita no seu site, al√©m de sugest√Ķes de como resolver o problema.

A√ß√Ķes manuais s√£o penaliza√ß√Ķes do Google quando um revisor do sistema de busca identifica alguma tentativa de manipula√ß√£o dos resultados da busca, como o uso abusivo de spam e a cria√ß√£o de links artificiais para o seu site. Isso pode acontecer intencionalmente, mas tamb√©m sem querer ‚ÄĒ quando voc√™ compra um site que havia sido penalizado, por exemplo.

Ent√£o, o Google d√° uma chance para que voc√™ resolva o problema e recupere suas posi√ß√Ķes na SERP. Quando estiver tudo corrigido, voc√™ pode fazer um pedido de reconsidera√ß√£o para que o buscador reavalie suas p√°ginas.

Como usar no SEO?

Utilize essa ferramenta para se manter em conformidade com as políticas do Google. Mesmo que você sofra alguma penalização por algo que não é sua culpa, é importante verificar o que precisa corrigir para que o Google não desconfie mais do seu site.

Relatório de problemas de segurança

O Relatório de problemas de segurança exibe as descobertas do Google sobre comportamentos do site que podem ser prejudiciais ao usuário.

Quando o site sofre um ataque de phishing ou instalação de malware, por exemplo, o Google emite um aviso nesse relatório. Além disso, pode também incluir um aviso para os usuários junto ao snippet nos resultados da pesquisa.

Assim como no Relat√≥rio de a√ß√Ķes manuais, o Google Search Console tamb√©m permite que voc√™ corrija os problemas e solicite reconsidera√ß√£o. Assim, o Google pode avaliar novamente a p√°gina e, se estiver tudo ok, retirar o aviso de problema de seguran√ßa na SERP.

Como usar no SEO?

Esse relatório permite que você monitore se está tudo bem com a segurança do seu site. Mais que isso, ajuda a manter o site seguro para os seus usuários e para os seus próprios dados.

Além disso, para garantir mais segurança, é importante utilizar um Certificado SSL e adotar o protocolo HTTPS, que o Google considera nos seus fatores de classificação.

Link building é uma parte importante do SEO. Garantir que seu site tenha um perfil de links saudável é vital para impressionar o Google. Você quer construir um perfil de links relevantes de sites de autoridade.

Ent√£o, o Relat√≥rio de links do Google Search Console √© onde voc√™ pode acompanhar o seu perfil de links. O relat√≥rio fornece alguns dados sobre esses links, como a URL que cont√©m o backlink e o seu texto-√Ęncora, al√©m da estrutura de links internos do seu pr√≥prio site.

Como usar no SEO?

O Relatório de links ajuda você a manter o perfil de backlinks saudável. Você pode identificar quem cria backlinks para o seu site e perceber se há algum site mal-intencionado, que pode prejudicar sua reputação. Se você tiver backlinks indesejados, pode solicitar sua remoção por meio da ferramenta de rejeição de links do Google Search Console.

Além disso, o Relatório de links contribui para as estratégias de link building do seu site. Você pode verificar quais sites estão criando backlinks e nutrir a relação com eles. Além disso, pode identificar de qual setor eles são e estabelecer uma relação com outros sites do mesmo nicho.

Como configurar o Google Search Console para o seu site

Para instalar e executar o Google Search Console, você precisa seguir algumas etapas. Vamos detalhar o que você precisa fazer:

Youtube video thumbnail

1. Cadastre-se ou faça login em uma Conta do Google

Para começar a usar o Google Search Console, você precisa ter uma conta no Google. Se você já tem, basta fazer login e acessar.

2. Adicione uma propriedade à conta

Depois de criar e acessar a sua conta, voc√™ precisa vincular uma propriedade a ela. Isso vai dar acesso aos relat√≥rios e m√©tricas do site que voc√™ deseja monitorar. Para isso, o Google Search Console d√° duas op√ß√Ķes:

  • Propriedade de dom√≠nio: quando voc√™ deseja que o Google Search Console rastreie todas as URLs em todos os subdom√≠nios de um site. Isso abrange subdom√≠nios come√ßando por “m”, “www” ou outros, al√©m de v√°rios protocolos, como HTTPS, HTTP e FTP.
  • Propriedade de prefixo de URL: quando voc√™ deseja que o Google Search Console rastreie apenas os dados de uma URL espec√≠fica, com um protocolo e um subdom√≠nio exato.

Em geral, a propriedade de dom√≠nio √© a escolha usual para uma empresa que deseja rastrear um site comercial. Se voc√™ escolher propriedade de dom√≠nio, ainda √© poss√≠vel coletar informa√ß√Ķes sobre subdom√≠nios ou protocolos separadamente.

3. Confirme a sua propriedade

O Google não vai permitir que qualquer pessoa rastreia os dados para qualquer domínio ou URL. Você precisa provar ao mecanismo de pesquisa que você é o proprietário do site ou, pelo menos, que tem permissão para rastreá-lo.

Para fazer isso, você precisa confirmar a propriedade. Logo após adicioná-la, o Google Search Console vai fazer essa solicitação a você.

√Č importante saber que o Google Search Console j√° come√ßa a coletar dados a partir do momento que voc√™ adiciona a propriedade. Por√©m, voc√™ s√≥ vai poder visualiz√°-los depois de fazer a verifica√ß√£o da propriedade.

Se você adicionar uma propriedade de prefixo de URL, existem vários métodos de verificação possíveis, como o upload de arquivos HTML, a inserção de uma tag HTML no código ou o uso do código de acompanhamento do Google Analytics.

No entanto, se optar pela propriedade de dom√≠nio, que √© o mais comum, o √ļnico m√©todo aceito √© a verifica√ß√£o de registro DNS.

Enfim, com a verificação concluída, você pode começar a análise de dados do Search Console para sua propriedade.

De tempos em tempos, o Google vai voltar a verificar a propriedade. Se a verifica√ß√£o falhar, voc√™ vai perder o acesso aos dados, geralmente ap√≥s um curto per√≠odo de toler√Ęncia. Ent√£o, verifique periodicamente se est√° tudo ok com a coleta de dados e o acesso a eles.

4. Defina as permiss√Ķes de acesso

Um cuidado importante para quem utilizar o Google Search Console √© definir as permiss√Ķes de acesso. Para cada propriedade do Search Console, existem duas fun√ß√Ķes: “Propriet√°rio” e “Usu√°rio”. Cada uma tem diferentes permiss√Ķes:

  • Propriet√°rios: t√™m controle total sobre a propriedade. Podem visualizar todos os dados e usar todos os recursos, editar configura√ß√Ķes e adicionar ou remover outros usu√°rios. Podem ser “verificados” ou “delegados”.
  • Usu√°rios: t√™m menos direitos do que os propriet√°rios quando se trata do Search Console. Podem ser um “usu√°rio completo”, que pode visualizar todos os dados de uma propriedade e realizar algumas tarefas administrativas, ou um “usu√°rio restrito”, com acesso limitado aos dados.

Enfim, agora você já pode usar o Google Search Console e aproveitar melhor as suas funcionalidades. Mostramos aqui o que é, para que serve, os principais recursos e como configurar a ferramenta. Agora, é hora de monitorar seu site no Google Search Console e aprimorar suas estratégias com os dados e relatórios que você extrair.

O Google Search Console é um dos seus grandes aliados nas estratégias de SEO. Aproveite e veja como obter o máximo de dados das ferramentas do gigante de buscas aprendendo a conectar o Google Search Console ao Google Analytics!

Fonte

Compartilhar:

Deixe um coment√°rio

20% DE

 DESCONTO

BLACK

NOVEMBER

Cupom válido até 01/12/2023 ou até durarem os estoques.
V√°lido somente para novos assinantes.

CUPOM:  

BLACK2023

Desconto v√°lido nos planos MENSAIS para Hospedagem Cloud, Revenda Plesk e Email Profissional. Desconto ser√° aplicado durante 12 meses no plano de assinatura mensal.