Tendencias e análises da Black Friday 2022

Acompanhe as novidades e ultimas postagens.

O comércio eletrônico está crescendo desde a pandemia, quando muitos consumidores se acostumaram a fazer compras online e os varejistas mudaram suas práticas para atender à demanda. Esse crescimento persistirá quando voltarmos às atividades presenciais? As tendências da Black Friday deste ano oferecem um vislumbre do futuro do comércio eletrônico. 
 
Os gastos do consumidor online do ano passado para a Black Friday atingiram USD 8,9 bilhões, pouco abaixo do recorde histórico de USD 9 bilhões em 2020. Essa queda do pico da pandemia é uma tendência que continuará na Black Friday deste ano, à medida que as pessoas transferem os gastos para varejo, serviços e viagens pessoais? Ou 2022 ultrapassará o recorde histórico de 2020 em gastos com comércio eletrônico?

gráfico sobre buscas no google para "comprar online"

Antes da época dourada de compras, algumas coisas estão claras: o volume de pesquisa para ofertas da Black Friday aumentou, os produtos de tecnologia ocupam o primeiro lugar em popularidade de pesquisas, os compradores estão se voltando para o TikTok em busca de inspiração e a Amazon ainda reina quando se trata de varejistas online para Black Friday. Ao quebrar essas tendências e analisar os dados, podemos delinear os principais padrões para ajudar os compradores, varejistas, marcas e criadores de conteúdo a se preparar para esta temporada tão importante do comércio eletrônico e tirar vantagem do buzz da Internet. 

crescimento de buscas black friday

As vendas de fim de ano ainda são grande como antes? 

À medida que mais e mais vendas de fim de ano estendem seus cronogramas para competir com dias como Cyber Monday e Prime Day, a magia das compras em um único dia diminuiu. Mas isso não significa que os compradores estejam menos interessados em possíveis ganhos na próxima Black Friday. Na verdade, as buscas globais por “ofertas de Black Friday” aumentaram 246,6% em relação ao ano passado, de acordo com os dados da Semrush. O forte interesse em ofertas prenuncia o alto volume de compras na Black Friday. Preocupações inflacionárias também podem estar impulsionando a busca por ofertas. 

gráfico das marcas mais buscas na black friday 2022

Os tópicos relacionados à Black Friday mais pesquisados deste ano incluem “ofertas de Black Friday” e “Black Friday Walmart”. Após uma análise mais detalhada, Walmart, Target, Best Buy, Amazon e Kohl’s são as lojas mais procuradas em conjunto com “Black Friday”. E, em termos de produtos, tecnologia é a categoria mais pesquisada globalmente, de acordo com dados de volume de pesquisa compilados pela Semrush. 

img-semblog

Nos EUA, esses dados podem ser detalhados por estado para mostrar o crescimento ano a ano do interesse em promoções de Black Friday. Na Califórnia, a Best Buy é a marca mais pesquisada entre as consultas de “Black Friday”, enquanto na Flórida, é o Walmart. Em geral, os estados mais populosos apresentam um aumento acentuado na média mensal de pesquisas por “ofertas de Black Friday” quando comparamos setembro de 2021 a setembro de 2022. 

As buscas pelo termo em Nova York mais do que triplicaram, enquanto no Texas, as buscas mensais aumentaram mais de 13 vezes, de acordo com os dados da Semrush. Esse crescimento desmente a tese popular de que as vendas vinculadas aos feriados estão perdendo seu atrativo para o comprador, e a lição aqui é não descartar as vendas pontuais como grandes impulsionadores do tráfego da Internet. 

img-semblog

Quais são os produtos, marcas e varejistas mais procurados deste ano?

Então, o interesse da Internet na Black Friday aumentou este ano antes do evento. Mas quais são os produtos que causam mais animação? Analisar os dados de pesquisa de produtos e marcas pode mostrar um quadro mais amplo de onde as pessoas estão focadas para o período de ofertas. 

gráfico sobre produtos mais relacionados à black friday

Os eletrônicos estão no topo da lista dos itens mais aguardados, de acordo com a Semrush. Nintendo Switch, Apple Watch, iPhone e AirPods reivindicam os primeiros lugares nas pesquisas de produtos da Black Friday. Quanto às marcas, Nike, Zara e Lululemon são as mais procuradas em conjunto com “Black Friday”. 
 
Como a Amazon ainda reina em tudo relacionado a comércio eletrônico, é interessante olhar para os produtos mais pesquisados, para obter pistas sobre quais podem ser os itens mais procurados na Black Friday deste ano. As pesquisas por “capa para iPhone 13 Pro Max” lideram as buscas em 2022 até agora, seguidas por “pulseira de Apple Watch”. 

grafico para produtos mais buscados na amazon

O produto mais buscado na Amazon em setembro de 2022 foi o Apple iPhone 11, 64GB, Roxo – Desbloqueado (Renovado Premium). Quanto aos produtos que não são da Apple, a câmera de segurança Blink Outdoor também estava entre os produtos mais pesquisados na Amazon em setembro. Além dos produtos tecnológicos, a Amazon também está vendo um aumento no volume de pesquisas para “leggings HeyNuts” e “blusas femininas de outono 2022”, ambos com alta de mais de 1.000% de agosto a setembro deste ano. 
 
Os profissionais de marketing e as marcas podem obter ganhos em visibilidade online fazendo parte da conversa sobre os produtos mais populares deste ano antes da Black Friday, independentemente de receberem seu sinal da Amazon ou de dados de pesquisa. As pessoas online estarão procurando por esses itens e conteúdo relacionado, como guias de compra, avaliações e comparações, oferecendo a oportunidade para as marcas capturarem a atenção do público publicando informações úteis sobre os produtos mais populares.

Como o TikTok se encaixa nas compras da Black Friday? 

Tão importante quanto acompanhar o que as pessoas querem comprar na Black Friday é acompanhar como elas descobrem esses produtos. Dada a crescente popularidade do TikTok, faz sentido que os consumidores estejam recorrendo ao aplicativo para se inspirar nas compras. 
 
De acordo com dados da Semrush, as pesquisas mensais por “loja TikTok” aumentaram 650% em relação ao ano passado, representando uma mudança dramática na forma como os consumidores exploram produtos e descobrem novas tendências. Além do volume de pesquisa, o TikTok também está crescendo como plataforma onde os compradores e vendedores podem fazer transações no próprio aplicativo. Embora esses recursos tenham sido lançados em alguns países, eles ainda não chegaram aos EUA.

img-semblog

No entanto, a popularidade desses recursos em outros países não pode ser ignorada. O tráfego global para “shop.tiktok.com” e “seller.tiktok.com” aumentou drasticamente desde seu lançamento em 2021, principalmente desde abril de 2022. O sucesso internacional desses recursos sinaliza a direção do TikTok para se tornar uma plataforma de comércio social. O TikTok também deu a entender que lançará esses recursos de compra e venda nos EUA a tempo para as compras de fim de ano, deixando muitos se perguntando se chegarão a tempo da Black Friday. 

img-semblog

Para as marcas, a popularidade do TikTok como uma plataforma de descoberta de compras impulsiona ainda mais o potencial do TikTok como um canal de anúncios. Para colocar sua marca na frente dos compradores da Internet, os profissionais de marketing devem saber onde esses compradores passam seu tempo online. Servir conteúdo de marca no TikTok, onde as pessoas já estão procurando novos itens para comprar, pode levar a ganhos incrementais com novos públicos e aumento da visibilidade online. A parceria com influenciadores também é uma ótima maneira de entrar nos feeds do TikTok do seu público. 

A análise das tendências de pesquisa nos mostra ao cenário do comércio eletrônico antes da Black Friday. Mas como as marcas e os profissionais de marketing se comportam quando nos aproximamos do evento? O gasto global com anúncios digitais caiu 6% este ano, de acordo com a Semrush. Mas a pesquisa por setores e categorias revela tendências mais sutis.

img-semblog

As categorias que apresentam crescimento nos gastos com anúncios digitais incluem produtos digitais, onde os gastos aumentam 75% ano a ano. Isso se correlaciona com a popularidade dos produtos tecnológicos no volume de pesquisa, já que o volume alto de pesquisa e a demanda online impulsionam o orçamento de anúncios e o posicionamento do canal. Outra categoria notável com aumento de gastos com anúncios digitais desde o ano passado são os produtos para crianças, um setor que cresceu 98% globalmente. Portanto, a afirmação geral de que “os gastos com anúncios digitais estão baixos” deixa por fora duas indústrias que estão vendo um crescimento maciço nos gastos.
 
À medida que os profissionais de marketing planejam como ajustar seu conteúdo online para aproveitar a empolgação ligada à Black Friday, a popularidade dos produtos tecnológicos e da plataforma TikTok ocupam o centro do palco. Ao publicar conteúdo alinhado com o forte volume de pesquisa de produtos tecnológicos e estabelecer uma presença no TikTok, as marcas podem ganhar visibilidade online e conquistar novos públicos que pesquisam as melhores ofertas antes da tão esperada Black Friday deste ano.

Para ficar por dentro das últimas tendências, marcas e profissionais de marketing podem usar ferramentas como a Keyword Magic da Semrush para avaliar volumes de pesquisa, Análise de Tráfego para rastrear o tráfego, Semrush Apps para Ecommerce para obter informações sobre compradores no aplicativo da Amazon e Pesquisa publicitária para entender melhor os gastos com anúncios.

Fonte

Compartilhar:

Deixe um comentário

Categorias
Assinar por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Estatísticas do blog
  • 53.968 Views